Notícia


13/05/2020

Agetransp cria metodologia para apurar lotação dos trens e do metrô


Por meio de uma nota técnica, a Agetransp criou um procedimento que permite acompanhar a taxa de ocupação das composições dos sistemas de transporte ferroviário e metroviário, para verificar o cumprimento da lotação máxima de 50% da capacidade, como prevê o Decreto Estadual nº 46.983, de 20 de março de 2020, que trata de medidas de combate à disseminação do novo coronavírus.

A Câmara de Transportes e Rodovias (Catra) realizou estudo para estabelecer um procedimento que permita verificar a taxa de ocupação dos trens diariamente. Através de expressão matemática, será possível aferir a ocupação média pelo perfil de entrada e saída dos usuários das estações, por diferentes faixas horárias e sentido das viagens, considerando, por exemplo, as quantidades de passageiros embarcados e de lugares ofertados.

Os dados necessários para a análise da agência reguladora deverão ser enviados semanalmente pelas concessionárias, de forma retroativa à data inicial de validade do decreto. Desta forma, a Agetransp poderá verificar de forma técnica o cumprimento da medida pelas concessionárias durante todo o período de validade da medida.

Barcas

No caso das barcas, resolução da Secretaria de Estado de Transportes prevê controle de embarque, em quantidade equivalente ao total de assentos de cada embarcação. Diariamente, a Agetransp acompanha o controle de acesso no sistema aquaviário em cada viagem realizada.




OUVIDORIA 0800 285 9796

ouvidoria@agetransp.rj.gov.br

Atendimento de 2ª a 6ª das 7h às 19h

AGETRANSP
Avenida Presidente Vargas, 1100 - 12° e 13° andares
Centro - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20071-002