Notícia


20/02/2020

Agetransp multa SuperVia por atendimento inadequado a usuários


Em sessão regulatória realizada na última terça-feira (18), o Conselho Diretor da Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro) decidiu aplicar uma multa de R$ 63.348,85 à concessionária SuperVia. O motivo foi um acidente ocorrido no dia 19 de julho de 2017, próximo à estação Maracanã, quando houve a quebra de um pantógrafo do trem de prefixo UH 587.

O Conselho determinou que, embora não tenha sido constatada responsabilidade da SuperVia pela falha do equipamento, foram registradas na Ouvidoria da Agetransp muitas reclamações em relação ao atendimento aos passageiros, o que indica que os avisos sobre o fato não foram dados de forma satisfatória.

O relatório destaca ainda que 19 minutos após a paralisação das composições, cerca de 100 passageiros que estavam na estação de Triagem caminharam pela via férrea em direção às estações de Mangueira e São Francisco Xavier.

Multa mantida para o metrô

Na mesma sessão, o Conselho Diretor decidiu manter a multa no valor de R$ 274.362,66 à concessionária Metrô Rio. A concessionária havia entrado com um recurso pela isenção de responsabilidade em relação a um princípio de incêndio ocorrido na capa protetora do terceiro trilho, estação Presidente Vargas, no dia 8 de dezembro de 2017.

O relatório técnico apontou que a causa principal da ocorrência foi o acúmulo excessivo de graxa no entorno de um lubrificador de via, que estava desativado desde outubro de 2015. Segundo a nota técnica, o equipamento deveria ter sido retirado do local imediatamente após a sua desativação.




OUVIDORIA 0800 285 9796

ouvidoria@agetransp.rj.gov.br

Atendimento de 2ª a 6ª das 7h às 19h

AGETRANSP
Avenida Presidente Vargas, 1100 - 12° e 13° andares
Centro - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20071-002